iinspiradas

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Descartando os descartáveis

às

Essa semana li uma notícia que considerei sensacional, louvável e digna de ser imitada: a França aprovou uma lei que proíbe a comercialização de produtos descartáveis de plástico, derivados de petróleo, como copos, pratos e talheres, que passará a vigorar em 2020, para que os fabricantes e estabelecimentos comerciais tenham tempo para se adequar às novas regras.

Isso não significa que os produtos descartáveis deixarão de existir na França, uma vez que um dos objetivos é que os esses produtos sejam produzidos com materiais de origem vegetal, tais como o amido de milho, amido de batata, bambu, dentre outras e, por conseqüência, sejam biodegradáveis.
Mas fiquei pensando muito sobre isso, nos produtos descartáveis que fazem parte do dia a dia da maioria das pessoas e no que eu tenho feito para não usá-los mais.
Você já parou para pensar na quantidade de lixo produzida por causa desses produtos plásticos que são utilizados uma única vez e jogados no lixo? Sim, vão direto para o lixo, pois a maioria desses produtos não vão para a reciclagem.
São bilhões de utensílios e sacolas plásticas descartados a cada ano e que levarão centenas de anos para se decompor. Lixo demais e tempo demais.
Eu lembro que quando eu era criança, nas festas de aniversário eram usados pratos e copos de papel e os garfinhos eram de madeira – como os palitos de picolé. Sim, eram descartáveis, mas a decomposição era bem mais rápida.
Já na geração dos meus filhos (um tem 21 e outra 05) tudo é de plástico. E não só os utensílios de festas infantis, mas absolutamente tudo. Garrafas de água, refrigerantes, suco, chás, canudos, potes de doces de frutas (aqui no Sul chamadas carinhosamente de “Chimia”), etc. Além, disso, temos os descartáveis de alumínio. Diversos tipos e tamanhos de assadeiras, formas para “quentinhas”, para congelados e outros mais. Tudo para ser usado uma única vez e ir direto para o lixo.
Mas chegamos a um ponto que precisamos repensar o uso dos descartáveis e sinceramente, a melhor solução é descartar os descartáveis.
É difícil? Inicialmente sim. Como tudo, devemos nos adaptar às mudanças, mas com o tempo e a prática, se torna algo tão rotineiro que o fazemos sem perceber.
Mas o importante é tomar a decisão e começar a colocar em prática.
Aqui em casa o processo foi gradual.
Primeiro as sacolas plásticas foram banidas. Fui adquirindo e ganhando várias ecobags (acho que já tenho umas 15) que me acompanham nas compras ao mercado, feira e até no shopping. Tenho duas sacolas que se dobram e cabem em uma bolsinha bem pequena que ficam constantemente dentro da minha bolsa para uma compra não programada.
Eu aproveitei que perto da minha casa um mercado vendia batatas embaladas em um saco tipo rede de linhas e fui guardando esses saquinhos para usar na feira. Muito prático e durável, levo esses saquinhos e dispenso o uso dos sacos plásticos oferecidos pelos feirantes. Também é possível fazer esses saquinhos de tule, que ficam lindos e são muito práticos para guardar.
Nada mais de água em garrafas aqui em casa. Compramos um filtro de barro (adoro!!!) que tem aquele nostálgico gosto de água de poço (sim, para mim a água do filtro de barro tem gosto de água de poço) e carregamos nossas garrafinhas reutilizáveis, coloridas e lindas.
Também não compramos mais descartáveis plásticos e usamos para festas produtos reutilizáveis de acrílico. Lavamos os pratos, copos e talheres e estão prontos para outra festa. Hoje em dia é possível encontrar esses utensílios feitos de um plástico chama polipropileno ou de bambu que são recicláveis e resistentes.
Como tenho filha pequena e quem tem criança em casa sabe que pedem água em qualquer lugar, carrego na bolsa um copo retrátil com tampa – que eu comprei para a minha filha e eu acabei usando também. Esses copos podem ser encontrados para comprar em silicone ou em inox, não ocupam espaço e você evita o uso de descartáveis quando não estiver em casa.
Falando em evitar o uso de descartáveis fora de casa, os canudinhos são muito fáceis de serem evitados, mas se alguém sente necessidade de utilizar, já existem canudos de metal ou de bambu a venda, inclusive com uma escovinha própria para a limpeza. 
E pensando em evitar totalmente o uso de talheres descartáveis na rua, já existem talheres para serem carregados na bolsa, com um estojinho para serem armazenados (minha próxima compra).
O mais legal é que quando começamos a descartar os descartáveis, vamos pensando em novas soluções e outras coisas que podemos reutilizar e mudar nos nossos hábitos, como, por exemplo, abandonar os guardanapos de papel e utilizar os de pano, que são lindo, podendo ser personalizados. Que charme!
Também já é uma opção a compra a granel de grãos e cereais onde vários estabelecimentos comerciais já oferecem potes reutilizáveis ou aceitam que o cliente leve seu próprio pote, limitando, se não acabando, com o uso de embalagens plásticas descartáveis.
Já é possível até comprar cápsulas reutilizáveis para cafeteiras como Nespresso, Dolce Gusto e Três corações e deixar de lado aquela quantidade absurda de cápsulas que vão para o lixo (só para comentar, alguns países, inclusive, já proibiram a utilização dessas cafeteiras em órgãos públicos para diminuir a produção de lixo).
E podemos expandir isso ainda mais, com a utilização de fraldas de pano, absorventes reutilizáveis (tanto os internos como os externos e até calcinhas absorventes), discos de crochê para substituir os discos de algodão, comprar produtos que utilizam refil, fazer os produtos de limpeza em casa e deixar de comprar produtos com embalagens plásticas e por aí vai.
E para os descartáveis inevitáveis que estão em casa, procure destiná-los a reciclagem, tudo contribuindo para diminuir a produção de lixo.
Adotando essas mudanças de hábito, podemos fazer uma grande mudança para o mundo. Vou deixar abaixo alguns links bem legais que tratam sobre o assunto:

Um ano sem lixo
Menos 1 lixo


 E você? Como faz para evitar os descartáveis e cuidar do nosso planeta?











16 comentários:

  1. Essas informações são extremamente importantes e que precisa ser compartilhada. Realmente, a quantidade de lixo hoje é imensa e ao invés de tentar achar alternativas para diminuir nós só ajudamos a aumentar. Aí causa todo esse efeito louco que a Terra está vivendo.

    ResponderExcluir
  2. Hoje a terra paga por todo o lixo que foi jogado nela. Por isso ações como na França são tão importantes,aliais essas informações são mega importantes sim. Espero que um dia a terra volte a ser saudável. Amei

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde como vai? Que maravilha, gostei bastante da sua iniciativa, e também por ter vindo aqyui compartilhar, pois realmente hoje em dia nao é mais como antigamente, nao temos mais alimentos saudaveis, isso é uma pena

    ResponderExcluir
  4. super importante essas postagem, mas aqui em casa tá dificil as pessoas aderirem as ecobags, mas a minha parte eu faço, algumas coisas que você citou faço sem problemas, porém confesso que a questão do absorvente não consigo mesmo mudar.

    Bjs
    Suka
    http://www.suka-p.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Muito bom o post!! Aqui no meu prédio tem coleta seletiva! Seria bom se todos tivessem essa consciência! Parabéns!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem? Gostei muito de sua postagem, falou tudo! Acho super importante que cuidemos de nosso meio-ambiente!

    ResponderExcluir
  7. Eu costumo "adotar" meu copo. A maioria dos lugares oferecem água e eu fico com o copo até ir embora, assim, se me der cede novamente utilizo o mesmo copo novamente. Amei o post!

    ResponderExcluir
  8. Parabéns pelo Post,mega interessante,se todo mundo tivese consciência o meio ambiente estaria protegido.
    Bjs
    http://www.divamodaefotografia.com.br

    ResponderExcluir
  9. É necessário adotarmos gradualmente medidas ecológicas a nossa vida mas uma andorinha sozinha não faz verão então existe uma necessidade real e emergencial de conscientizar as pessoas seu post contribui bastante nesse aspecto...parabéns!!!

    ResponderExcluir
  10. super importante essas postagem, mas aqui em casa tá dificil as pessoas aderirem as ecobags, mas a minha parte eu faço, algumas coisas que você citou faço sem problemas.
    Parabéns pelo seu post.

    ResponderExcluir
  11. Oi, tudo bem? Esse tema é muito importante ser discutido. Apesar de ser defensora da diminuição de lixo e destino certo de lixo reciclável as vezes falho bastante. Aqui na minha cidade tem coleta seletiva mas quase ninguém se esforça para colaborar, uma pena. Alguns mercados já deixaram de usar sacolas plásticas nós precisamos levar nossas sacolinhas ou caixas. Beijos, Érika *-*

    ResponderExcluir
  12. Postagem excelente e agora fiquei encantada pelos talheres❤ que fofura.
    Bom nos concientizarvem relação ao meio ambiente cada um pode fazer a sua parte

    ResponderExcluir
  13. São postagens como essas que são precisa para a humanidade. Acho que se cada um fizessemos a nossa parte, o mundo seria menos poluido.

    ResponderExcluir
  14. Aqui em casa a gente também separa o lixo, não chegamos usar sacolas ecológicas, mas geralmente a gente guarda as sacolas do mercado em vez de jogar fora.

    ResponderExcluir
  15. Dicas super bacanas para ajudar o planeta e conscientizar a galera. <3

    ResponderExcluir