iinspiradas

sábado, 23 de setembro de 2017

Os verdadeiros Erros Fashion

às
A internet está lo-ta-da de posts falando sobre os tais “erros fashion”, coisas que você não pode fazer/usar jamé! Ou então, aqueles posts sensacionalistas do tipo “20 erros fashion da celebridade fulana”, ou ainda “erros fashion do tapete vermelho”.


Mas para falar a verdade, usar a palavra “erro” relacionada à moda me incomoda bastante! Pois aquilo que é erro para você, pode ser falta de informação do outro, pode ser o estilo do outro, pode ser a escolha do outro, pode ser muita coisa! E não cabe a nós julgarmos isso, né?! Alô alô empatia!


Dito isso, eu gostaria de listar aqui, aqueles que eu considero os reais “erros fashion”, equívocos que tem mais a ver com vícios do comportamento feminino na moda do que com erros de "pode, não pode" na hora de se vestir. Como Consultora de Imagem, eu frequentemente me deparo com padrões de comportamento entre minhas clientes e entre as mulheres no geral, descuidos e desvios que a gente insiste em repetir na hora de comprar e que acabam deixando nosso guarda-roupas cheio e nossa carteira vazia!

Vamos a eles:

Comprar calçado que aperta só porque é bonito

Ninguém merece usar calçado que machuca! E não se engane, você não vai usá-lo depois! E também não use a desculpa “só vou usar para ficar sentada”, pois seus pés vão inchar e vão doer terrivelmente de qualquer forma, confie em mim, eu sei! Além disso, calçado é feito para caminhar, né não? Cuide com carinho dos pezinhos que te carregam o dia inteiro!

Imagem do ensaio “Impression” do fotógrafo Justin Bartels que questiona o uso de peças desconfortáveis em nome da moda.


Comprar roupas menores pensando em emagrecer

Comprar uma roupa menor não vai te fazer se sentir melhor, muito pelo contrário, roupa muito apertada vai te deixar desconfortável, vai fazer seu corpo doer, inchar, marcar, prejudicar sua circulação sanguínea, vai te deixar com mau humor, calor e insegura. Não faça isso com você, mesmo que não esteja satisfeita com seu corpo agora, trate sua “casa” com carinho. E nem pense comprar para deixar guardada, invista seu dinheiro em coisas que serão realmente úteis para usar agora!


Diquinha de ouro: Usar roupas do tamanho certo do corpo emagrecem visualmente. Roupas muito justas ou muito folgadas fazem você parecer maior, justamente pela falta ou pelo excesso de tecido. ;)


Guardar roupas pequenas também pensando em emagrecer

Vamos ser sinceras: Quando você emagrecer, você estará tão tão tão feliz com seu novo corpo que vai querer comemorar se presenteando com roupas novas! Pense nisso! ;)



Ter vergonha da numeração que usa

Por que damos tanta bola para letras e números hein? Eles são só uma nomenclatura, não são importantes! Sabe o que realmente significam?

Você já é linda!


Não provar roupas antes de comprar

Não dá para ser inimiga do provador não!!! Pensamentos como “odeio”, “é chato”, “tenho preguiça” só vão te fazer investir em coisa errada. Sabe o tópico ali de cima? Repito novamente, numeração é só nomenclatura! Não dá para confiar, o 40 de uma marca pode ser o 38 de outra. Além disso, como você vai ser saber se o caimento ficou bom? E se tem algum defeito? Bote vontade nesse corpinho e bora provar as roupas!



Ter medo de usar cor

Cor é vida gente! Moramos num país tropical e colorido... céu, sol, mar, flores! Se está na dúvida de como combinar cores, se inspire na Mãe Natureza, ela sempre está certa!



Não desapegar de peças sem uso

Sabia que se você está sentido sua vida confusa e bagunçada, um bom lugar para começar a organizar as ideias é dentro do próprio guarda-roupas? Abrir espaço no armário, ajuda a abrir espaço na mente e na vida. Use seu lado racional, permita que as peças que você não usa sigam em frente e encontrem outras pessoas para fazer feliz. Sugiro que leia também este texto sobre a ressignificação das roupas



Comprar peças só pelo desconto

Quem nunca? Sim, desconto, promoção e liquidação são palavras quase irresistíveis, mas que causam sequelas arrasadoras, quem já comprou por impulso vai entender do que eu estou falado hehe. Faça algumas perguntas de reflexão:
* A peça está mesmo com desconto? Ou será a loja tentando me ludibriar com uma etiqueta laranja?
* Eu realmente preciso?
* Já tenho outras peças iguais ou parecidas em casa?
* Esta peça vai combinar com o resto do meu guarda-roupas?

Seja sincera com você mesma!

Se preocupar muito com tendências

De nada importa o que teve na São Paulo Fashion Week, nem o que você leu na Vogue, nem o que aquela blogueirinha cool está usando, muito menos o que a Giovanna Antonelli usou na novela, se a peça não tiver a ver com você e com seu estilo! Não seja uma imagem espelhada do que você vê por aí, reflita, crie sua própria imagem! Roupas são a extensão da nossa personalidade!  

Foto: Franco Rodrigues, Divulgação

Achar que roupa boa é roupa cara (ou de marca)

Tem muita roupa de qualidade a precinhos bem bacanas por aí, é só pesquisar! Compre o melhor que seu dinheiro puder pagar, mas por favor, que não seja por ostentação. Se for para investir em peças caras que seja pensando na qualidade, durabilidade, caimento, acabamento, modelagem, etc. E dê preferência para peças mais clássicas e que você sabe que usará muuuito, por exemplo, um bom jeans.



Não repetir roupas

Repetir roupa está na moda, além de ser uma atitude consciente e sustentável, tanto para o planeta quando para o bolso. Use a criatividade e invente jeitos diferentes de usar a mesma roupa. Aliás, não repetir a roupa é que é cafona! ;)



Usar algo que não gosta só porque alguém falou que é legal

Não deixe a apresentadora de tv, a blogueira, a amiga, a mãe te influenciarem na hora de comprar suas roupas! Cada pessoa tem seu estilo e cada estilo é único! Uma peça que não tem a ver com você só vai te deixar desconfortável e deslocada, lembre-se que as roupas são a extensão da nossa personalidade. E geralmente o destino de roupas compradas por influência acaba sendo o fundão do armário.


Se vestir de forma inadequada para alguma ocasião

As roupas que vestimos transmitem mensagens. E você não vai querer transmitir a mensagem errada numa entrevista de emprego, por exemplo, né?! Então é sempre bom você observar o Dress Code da ocasião. Neste post eu explico o que é Dress Code e como minimizar os erros na hora de escolher a roupa para uma ocasião, não deixe de ler ;)  


E aí? Já cometeu algum desses “erros fashion”?

Se sim, bora mudar esse comportamento e investir só no que realmente funciona para você daqui para frente!!!


Beijos! <3

Nenhum comentário:

Postar um comentário