iinspiradas

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Filtro de barro não é vintage, é vantagem

às

Talvez você não saiba, mas nós brasileiros temos um dos melhores sistemas de filtragens de água. E há muito tempo!
Uma das minhas boas recordações de infância é o de beber água do filtro de barro. Aquela água sempre fresquinha, nem quente, nem fria, mas “no ponto” para matar qualquer sede.
Infelizmente, esses filtros, com o passar dos anos, foram perdendo espaço e sendo substituídos por modelos considerados mais modernos – como aqueles acoplados diretamente na torneira ou aparelhos elétricos com a opção de água gelada. Além disso, houve um crescimento de pessoas que optaram por consumir água mineral, tanto em garrafas pequenas de 300ml e 01 litro, como dos galões de 20 litros, seja em casa ou no ambiente de trabalho. E, claro, existem aquelas que entendem que o sistema de tratamento de água da cidade é o bastante para o fornecimento de uma água apropriada para o consumo.

Só que, ainda que atualmente esteja associado a ideia de “algo que eu via na casa da vovó” e de existir a um bom tempo, o filtro de barro traz mais vantagens e benefícios do que se imagina.
Mas afinal, por que o filtro de barro é melhor?
O principal é dizer que o filtro de barro é incrível para filtrar os resíduos da água, eliminando praticamente todos os microorganismos e sedimentos, além de reduzir integralmente a contaminação de agentes químicos, tais como ferro, chumbo e alumínio e até de pesticidas. 
Isso ocorre pelo fato de nos filtros de barro a água ser filtrada “por gravidade”, passando do compartimento superior para o inferir de forma lenta, gota a gota, se tornando capaz de filtrar partículas de até um micron (medida que equivale a um milionésimo de metro) e, por consequencia, manter a maior parte dos poluentes e bactérias fora do reservatório inferior do filtro.
E claro, tem o fato de a água estar sempre fresca. Isso ocorre porque a cerâmica do filtro proporciona uma redução natural da temperatura da água em até cinco graus centígrados mais fria do que a temperatura ambiente.
Outra vantagem é o fato de o filtro de barro ser muito econômico, pois não depende de energia elétrica e as velas são bem mais baratas que os refis de filtros modernos.
Mas fazendo comparações, por que é possível concluir que o filtro de barro é melhor?
Vamos começar pelos filtros modernos, sejam os acoplados direto na torneira, sejam os de aparelhos que recebem água diretamente da tubulação.
Esses aparelhos têm que realizar a filtragem de forma extremamente rápida e como a pressão decorrente do fluxo de água da torneira ou da tubulação é alta, o processo de filtragem acaba sendo prejudicado, pois a água passa muito rápido pelo filtro e microorganismos, sedimentos e elementos químicos acabam passando pelo sistema de filtragem, pois são literalmente empurrados através do sistema. Além disso, muitos desses aparelhos consomem energia elétrica, o que, por si só, já é algo a ser evitado.
Em relação à água mineral, ainda que em um primeiro momento pareça ser mais prático, por não precisar limpar e trocar os filtros de forma periódica, vale lembrar que o custo benefício de um filtro de barro é muito superior, pois a limpeza é sim periódica, mas pode ser realizada uma vez por mês e a troca dos filtros ocorre a cada seis meses.
Ademais, ainda que tanto as garrafas quanto os galões de água mineral sejam envasadas em uma fonte ou manancial sem qualquer contato manual, qual a garantia de que essas embalagens são bem armazenadas e transportadas? Houve exposição ao Sol ou calor excessivo que poderia alterar o equilíbrio químico da água mineral? Quando da troca do galão no bebedouro, houve a correta higienização para evitar contaminação? Todas essas situações podem contribuir para que a água mineral não seja uma boa opção.
Mas se pensarmos em sustentabilidade, a situação fica ainda mais séria. Temos que considerar que a quantidade de água necessária para fabricar uma garrafa plástica descartável ou um galão retornável é superior à quantidade de água contida nessas embalagens, que esse plástico, quando descartado, demora de 400 a 1.000 anos para se decompor (e são utilizados milhões de toneladas de plástico por ano só para envasar água) e, claro, esse plástico tem como matéria prima derivados do petróleo.
Por fim, quanto a água tratada pelo sistema de tratamento e abastecimento público, por melhor que seja o tratamento da água na cidade, o próprio encanamento que leva a água das estações de tratamento até as residências podem permitir que poluentes entrem em contato com a água, através de falhas no encanamento, ou quando ocorre uma redução na pressão do fornecimento – seja através da interrupção de fornecimento por falha no sistema, ou quando o fornecimento é diminuído em situações de crises hídricas.
Além disso, a água tratada contém substâncias, como o cloro, que podem causar desconforto, bem como sofrer alteração de outros fatores, como, por exemplo, aqui em Porto Alegre, em que alguns períodos do ano (e em todos os anos) a proliferação de algas no Rio Guaíba, principal abastecedor da cidade, faz com que a água encanada apresente cor e sabor.
Bom, creio ter relacionado as vantagens do filtro de barro, mas vale lembrar que é sempre importante buscar o selo do Inmetro antes de adquirir o seu filtro, escolhendo um bom sistema de purificação e garantindo água saudável para você e sua família.

E então? Vamos pensar verde e adotar o uso de um filtro de barro?




7 comentários:

  1. ola tudo bem ? Esse filtro de barro me trouxe lembranças de infância , gostaria de adquirir um , mais devido a evolução e a modernidade ele esta meio sumido do mercado. muito bom saber a qualidade de filtragem no Brasil , que é uma das melhores. Bjssss

    ResponderExcluir
  2. Olá, adorei o post. Minha avó usava esses filtros e eu gostava muito pq a água sempr estava fresquinha e ela falava que fazia bem pra saúde... e olha só, não é que faz mesmo ?! Eu não gosto desses galões de plástico,já ate teve marca desmacarada que pegava água suja (eca) rsrs bjs

    ResponderExcluir
  3. Amo filtros de barro! Também é uma das maiores recordações da minha infância. Minhas duas avós tinham e adoro chegar na casa de uma delas ainda hoje e tomar água direto desse filtro. A água fica fria, na medida, além de saudável

    ResponderExcluir
  4. Ola :)
    Não conheço esse sistema de filtragem, mas bebi muita água de "quartas" de barro, quando era pequena, e era bem fresquinha! O barro consegue manter os líquidos numa temperatura baixa sem necessidade de recorrer a sistemas eléctricos de frio...
    Em Portugal também há uma enorme tendência para recorrer à água engarrafada, como se fosse realmente melhor que a da torneira. Sinceramente e esta é a minha opinião, só o facto de estar armazenada em garrafas ( e garrafões) de plástico, só por si já não é saudável, fora ao resto que desconhecemos, que é o tratamento dessas águas...
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Amei seu post, simplesmente maravilhoso porque tenho pensado bastante nessa possibilidade.
    Aqui em casa tenho o filtro na torneira que quase não uso, e tenho o bebedouro para água mineral.
    Tenho pensado muito em fazer essa troca pelo filtro de barro, fui criada tomando água de um filtro desses e a água era muito saborosa.
    Seu post me ajudou muito na decisão, eu gasto 3 garrafões de água mineral por mês e com certeza vou economizar bastante com o filtro de barro.
    Além disso, como você bem me lembrou vou estar ajudando a natureza.
    Bjinhos,
    www.prosaamiga.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi Ane, tudo bem? Que post mais completo. Quando li o título também lembrei da casa da minha avó. E o mais legal é que a água não precisava nem ir à geladeira bebíamos daquele jeito. Uma pena as pessoas terem optado pela praticidade e escolhido tomar água mineral. Aqui na minha cidade quase não encontramos filtros de barro apenas quando vamos em feiras grandes de artesanato. Beijos, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  7. Ola, tudo bem? Aqui na minha casa temos o filtro que fica na torneira, e no meu trabalho o de barro. Confesso que não sabia disso. Apesar de gostar muito (e outras pessoas também haha) de beber do filtro do trabalho, porque fica sempre fresquinha. Adorei o post e foi muito útil mesmo!
    bjus

    ResponderExcluir