iinspiradas

sábado, 25 de novembro de 2017

Vítimas da Moda

às

“Você quer ficar bonita ou confortável”?

Frequentemente, ousaria dizer até diariamente, nos vemos nesta encruzilhada. Pois aparentemente, não podemos ser os dois ao mesmo tempo, afinal, não existe beleza sem sacrifício! 

Moda bonita mesmo é aquela que aperta, machuca, faz bolha... saltos vertiginosos, sutiãs dilacerantes, vestidos de tirar o fôlego (não no bom sentido, infelizmente) e eu nem vou entrar no mérito dos tratamentos estéticos duvidosos, cirurgias plásticas desnecessárias, depilações mirabolantes, dietas malucas e químicos capilares perigosíssimos. Entre elegância e bom senso, escolhemos elegância, obviamente!

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Gordura localizada, tem jeito?

às
Olá Inspiretes,

          Hoje vou compartilhar com vocês um pouquinho do que eu descobri do “mundo da beleza”. Um mundo fantástico e maravilhoso, mas que pode esconder algumas armadilhas bem preocupantes. Antes de me mudar para Curitiba, eu trabalhei em uma clínica de estética em SC; quando cheguei aqui, fiquei quase 6 meses somente em casa, e quando voltei a trabalhar também foi em uma clínica de estética, e só sai para administrar o salão de beleza que depois acabei comprando (e que por vários motivos vendi depois). Mas por que estou contando isso para vocês? Porque durante todo esse tempo eu conheci profissionais maravilhosos, que me ensinaram muuuiiitoooo (sim, sou dessas que sempre quer saber como as coisas são feitas), e muitos deles são meus amigos até hoje. A experiência de ter trabalhado por tanto tempo e em locais diferentes, foi que me deu uma visão bem mais ampla sobre tudo o que envolve estética, e a segurança de saber exatamente o que vale a pena ou não na hora de investir em um tratamento estético, afinal, o que eu não sei, meus amigos me mantêm atualizada.



segunda-feira, 20 de novembro de 2017

A moda sustentável da Urban Flowers, uma experiência incrível.

às

Já mencionei em outro post que tenho problemas com chinelos de dedo. O lance de não soltar as tiras nunca funcionou comigo. Na realidade, meu problema sempre foram as tiras. Elas não soltavam, arrebentavam. Nunca entendi o por quê. Mas, fato é que eu destruía um chinelo a cada quatro meses, em média. A frustração de descartar chinelos ainda novos era enorme e me fez buscar uma alternativa. Nada mais de tiras. Agora iria usar chinelo slide.

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Vult x Dailus - Batons de efeito Vinil

às
Oi, Inspiretes!

Depois de um período sem internet, voltamos à programação normal (espero... rsrs)

Hoje eu vou mostrar como foi a minha experiência com os batons de acabamento vinil da Vult e da Dailus!





quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Emirados Árabes: os Encantos de Dubai e o desembarque do Cruzeiro

às
Pensa num post enrolado para sair?

Tenho a sensação de que algo no meu subconsciente não estava permitindo que eu colocasse um ponto final nessa história. 

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Que tal parar de "querer" o milagre e "ser" o milagre

às
Olá Inspiretes, hoje quero conversar um assunto com vocês que acho que fica mais evidente agora no final do ano. Se repararem, agora a quantidade de “anúncios” prometendo verdadeiros milagres chovem nas nossas timelines, nas reportagens e capas de revistas, ou qualquer lugar que vermos, resumidamente são todos assim: “emagreça 20kg em 20 dias com saúde” “realização profissional sem esforço” e assim por diante, tenho certeza que você já viu alguns desses por aí.



sexta-feira, 3 de novembro de 2017

Os benefícios de ter um bichinho de estimação

às
Quem aí gosta de um animalzinho de estimação? Eu sou apaixonada e desde que eu me lembro tenho um animal de estimação. Quando sai da casa dos meus pais para morar sozinha eu não tive um animal de estimação, e senti muita falta... Então não foi novidade nenhuma que logo após o casamento, morando no nosso próprio apartamento tivemos o nosso primeiro bichinho de estimação: a Isa – uma filhotinha de schnauzer prata, de personalidade forte e de um amor imensurável, ela viveu conosco por 14 anos (foi embora a bem pouco tempo).