iinspiradas

terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

O maravilhoso mundo das milhas!

às
Há mais de um ano atrás eu escrevi um post sobre o básico das milhas, do acúmulo ao resgate! Na ocasião, eu fiz questão de ser bem realista, porque milhas é um assunto que frusta muita gente, por simplesmente não ter paciência e dedicação para usá-las da melhor forma a seu favor. 
Milhas: o que você precisa saber - Foto: Kenepa Grandi, Curaçao

Todo esse tempo se passou, e eu me senti na obrigação de fazer um “parte 2” com algumas novas observações pessoais, e também para falar de alguns novos jeitos de acumular as sonhadas milhas! 

Um coisa não mudou: dedicação e planejamento. Assim como você lê emails e olha os stories do Instagram todos os dias, você precisa separar um tempo na sua agenda para colocar o plano de acúmulo e uso em prática. Precisa ser parte da sua rotina! 

Qual o melhor programa para acumular milhas?

Essa pergunta provavelmente é a mais feita ao Google, e também bem difícil de responder assim, objetivamente. Isso porque a resposta não é única. A melhor companhia e programa pra mim pode não ser para você. Temos hábitos diferentes de consumo, pretendemos viajar para lugares diferentes… 

Claro que temos um programa com menor número de pontos para alguns destinos, o outro com melhor atendimento, outro ainda com os melhores upgrades de categoria. Mas nada disso adianta se aquela empresa não voa para onde você quer ir…

Então, para responder essa pergunta é necessária outra pergunta: Para onde você quer viajar? 

Comece listando os seus destinos de interesse! Faça uma busca rápida, pode ser pelo Google Flights mesmo. Procure, saindo da sua cidade, quais as companhias aéreas fazem o destino desejado. Se forem companhias internacionais, já procure descobrir com qual companhia brasileira eles tem parceria. 

Sabendo as companhias que podem te levar para as almejadas férias, é hora de entender em qual delas você conseguirá potencializar seus suados pontinhos. 

1- Em que banco você tem cartão de crédito? Em qual dos programas de milhagem os seus pontos valem mais?

Se você não tem cartão que pontua, pule esse item (e cogite trocar por um cartão que pontue com vantagens!). 

Por exemplo: historicamente o Itaú tem parceria com a Azul, e em algumas épocas do ano é possível transferir os seus pontos do cartão para o programa deles com 100% de bônus. Sim, o dobro de pontos! Já o Santander teve uma promoção razoável na ultima black friday com 80% de bônus para a Smiles se a pessoa fosse do clube Smiles (sem ser do clube o bônus era de 60%).

E veja, não adianta a empresa voar para o destino desejado e não aceitar os pontos provenientes do seu cartão de crédito! Use a internet a seu favor e pesquise quais foram as ultimas promoções em cada banco x programa de milhas.

2- Alguns programas de milhas oferecem promoções 10 pra 1, ou até 15 pra 1. 

Isso começou de um tempo pra cá, por isso não constava no meu post anterior. As mais famosas são no site do comprei pontuei, Netshoes e Fast, em parceria com a Multiplus ou Tudo Azul. 

Exemplo: você vai comprar um celular novo, um Iphone por exemplo. Supondo que o telefone custe 3 mil reais, e você aguarda uma boa promoção dessas. Você pode acumular em uma única compra, de um item que você já iria comprar de qualquer forma, entre 30 e 45 mil pontos. Dependendo da companhia aérea, origem e destino, essa quantidade de pontos representa passagens para 2 pessoas dentro do Brasil em baixa temporada, ou uma perna para NY para uma pessoa!!! (Acabei de pagar 35 mil pontos na passagem de volta da minha mãe de NYC para Curitiba pela Multiplus). 

Então, comprar uma televisão nova, uma geladeira, um celular, computador ou todo outro item que custe muito, se bem planejado, pode reverter em férias! E nessas promoções a compra ainda pode ser parcelada no cartão de crédito, o que garante as mesmas condições de compra de outras lojas, e ainda os pontos do pagamento no cartão de crédito! 

Só não vale comprar o que não precisa e se enfiar em dívida, ok? 

3- O site do Walmart também tem essas promoções 10:1 algumas vezes ao ano.
O que significa que você pode se organizar para comprar determinados itens nessas promoções e fazer estoque. Os produtos mais comentados são os de higiene e limpeza! Tem data de validade longa, são itens que praticamente toda pessoa precisa ter em casa, e dá até para se oferecer para comprar para os parentes, amigos e vizinhos. 

Mais uma vez é necessário se organizar para não pagar mais caro só por causa dos pontos a acumular, nem comprar o que não precisa e acabar jogando coisa  (e dinheiro) fora. 

4- Com hospedagem: Já comentei isso no post anterior, e temos até algumas condições melhores atualmente.

A Smiles tem o hotsite próprio para busca e a Multiplus tem parcerias com Airbnb e Hotéis.com que rendem, no mínimo, 1 ponto por real gasto. Pensando que os pontos do cartão de crédito, quando o cartão tem uma boa conversão, rendem 1,8 pontos por dólar. Então com hospedagem dá para juntar o dobro! 

Até mais se você ainda pagar a hospedagem com o seu cartão que também acumula pontos! 

5- Compra de pontos: leia com atenção! Comprar pontos custa dinheiro, e muuuitoooo. 

Numa média, os programas de pontos costumam cobrar R$ 0,07 por ponto. Se você fizer as contas, onde uma perna para NYC custa 35 mil pontos, vai parecer a passagem mais cara vida por R$ 2.450,00 apenas a ida sem as taxas. 

O pulo do gato vem quando ocorrem promoções: boas promoções de compra de pontos costumam oferecer de 100 a 180% de bônus. Aqui depende do tipo da promoção, época do ano, e se você tem algum tipo de clube associado ao seu programa de milhagem. A melhor dica que eu posso te dar é faça as contas sempre. 

Exemplo: Peguei os meus destinos de interesse, levei em conta quanto custa uma passagem com dinheiro e por quantos pontos normalmente a mesma passagem é oferecida. Lembre-se de considerar o valor da passagem sem a taxas, pois elas devem ser pagas a parte quando a passagem é resgatada com pontos. Com esses valores, você consegue descobrir quanto é o valor limite que o ponto vale. 

Se você encontrar alguma oferta de pontos em que o valor fique abaixo do calculado, pode ser um bom negócio! 


Com todas essas informações em mãos, é provável que você já tenha elegido um ou dois programas favoritos de acordo com os seus hábitos de consumo e para onde deseja viajar. Se cadastre neles (se ainda não tiver cadastro) e faça uma varredura no site do programa para ver quais outros parceiros podem te ajudar a conquistar os pontos mais rapidamente. Postos de combustível, assinatura de vinhos e cervejas, assinatura de revistas, plano de telefonia celular… E tenha sempre em mente que você não precisa consumir além do que você já consome, as vezes só precisa redirecionar a forma de gastar para que o acumulo de pontos seja mais eficiente! 

Extra: Algumas outras atitudes podem te ajudar a turbinar os pontos. Um deles é o planejamento financeiro para ter um cartão de credito com uma boa relação custo da anuidade X conversão de pontos. Muitos bancos oferecem anuidade gratuita caso o gasto no cartão ultrapasse um determinado valor. Procure descobrir esses valores e quanto cada cartão/bandeira oferece na conversão. 

Eu, por exemplo, concentro os meus gastos num cartão adicional da conta da minha mãe, que tem anuidade gratuita inclusive para adicionais. E pontua 1,8 por dólar gasto. Pago absolutamente tudo no cartão de crédito, e o dinheiro fica bem guardado para pagar a fatura no final do mês. Considero que assim eu controlo melhor os meus gastos, já que eles estão todos por escrito num lugar só. E de quebra ainda acumulo pontos.


Qual o próximo destino?

A meta para 2018 é melhorar a qualidade do cartão! Para isso, estamos estudando incluir mais um adicional, meu marido. Com um montante de gastos maior, poderemos tentar um cartão proporciona uma conversão melhor, além de outros benefícios de viagem. E com gastos maiores, somando 3 pessoas, continuar com a anuidade gratuita! 

Mas veja, esse meu exemplo funciona bem porque temos pessoas que utilizam o cartão de forma consciente e pagam suas contas no final do mês, sem entrar no rotativo. Essa técnica pode ser um tiro no pé caso a pessoa seja descontrolada com um cartão de crédito na mão. Então, cuidado! 
Não vá sair colocando todo mundo como seu adicional e ainda acabar com uma dívida que não é sua, hein!!! 

Por fim, tenha em mente que as oportunidades da vida estão sempre por aí. A gente é que precisa estar preparado e atento para poder aproveita-las! 


Beijos, e até a próxima viagem!

Nenhum comentário:

Postar um comentário