iinspiradas

terça-feira, 18 de setembro de 2018

Como comprar barato nos Estados Unidos: Te apresento o Goodwill

às 13:19
Nesses meus 11 meses morando aqui na terra do tio Sam, a renovação do guarda roupa era um do itens na minha lista “Antes de voltar”. Como eu não tinha pressa de fazer isso logo na chegada, aproveitei o tempo a meu favor e tracei uma estratégia para montar um guarda-roupa sem exageros mas com tudo o que eu venha a precisar para as próximas fases da minha vida pós EUA.



Além de aproveitar eventuais oportunidades em liquidações ao longo do ano, eu sempre tive uma listinha de itens chave que eu precisava no meu armário e visitei as principais lojas barateza que a maioria dos turistas brasileiros já conhecem: Burlington, TJMax, Target, H&M e até mesmo o Walmart. 

Agora, faltando exatamente um mês para o meu retorno e com alguns itens pendentes na lista, resolvi voltar num lugar menos conhecido de quem vem apenas a turismo, mas um queridinho principalmente dos estudantes estrangeiros: o Goodwill!

O Goodwill não é uma loja “normal”. Trata-se de uma espécie de brechó beneficente em que pessoas e empresas doam itens novos ou usados, e eles vendem esses item em suas lojas. Todo o dinheiro arrecadado é utilizado em seus projetos em prol da comunidade local, principalmente na capacitação de pessoas para recolocação no mercado de trabalho.


Então, você vai encontrar de TU-DO lá, tudo mesmo. Roupas e calçados, usados e com etiquetas (feminina, masculina e infantil) brinquedos, malas, móveis, louças, eletrodomésticos e eletrônicos. Tudo ali passa por limpeza e o item precisa estar em estado de uso para ir para a prateleira. Deixe de lado qualquer preconceito que você possa ter com a palavra brechó ou com a ideia de comprar itens usados. É usado, não velho… Com o dólar cotado a mais de 4 reais, precisamos de alternativas para fazer o nosso pobre dinheirinho render mais. 😉

O que você vai encontrar em cada loja é uma caixa de surpresas! Tive a oportunidade de visitar algumas unidades por onde passamos nas nossas viagens de carro, em New Hampshire, Massachutes, Washington DC e aqui no estado de New York. Durante uma das viagens eu simplesmente comprei 20 (sim VINTE) molduras. 😜

Já algum tempo eu estava com umas ideias de decoração diferente e quem já mandou fazer uma moldura no Brasil, ou até mesmo comprar um porta retrato, sabe que essa brincadeira pode sair uma pequena fortuna! Para você ter uma idéia, a mais cara das que comprei custou 3 dólares, a maior de todas, medindo 90 x 70cm.

Essas custaram um dólar cada. Aproveitei para colocar algumas fotos nas molduras
e posicioná-las acima da lareira. Cada foto me lembra de alguma viagem especial ❤️

Algumas molduras estavam ainda na embalagem original, outras vieram inclusive com o “conteúdo” do dono anterior. Foi até gostoso fazer a limpeza e já ir pensando com o que eu preencheria e onde colocaria cada uma delas lá na nossa casa no Brasil.

Voltando ao meu novo guarda-roupa: Minha única bota que ainda está usável já tem 4 anos e eu a trouxe pra cá já na intenção de comprar novas antes de voltar. Estava cogitando pagar $30 numa nova na Famous Footwear (loja de calçados com preços razoáveis). Já seria mais barato que no Brasil, mas eu não tinha achado nenhum modelo que me saltasse aos olhos. AINDA BEMMM. Quando viajamos para o Maine, no meio de maio, o clima estava começando a esquentar bem naquele ar de primavera. Num Goodwill em New Hampshire, parada escolhida para esticar as pernas no caminho, eu encontrei duas botas bem do tipo que eu vinha planejando dentro da minha cabeça. São usadas, mas estão super bem conservadas. E pra mim ainda vem de brinde o fato de que elas já vem “amaciadas” hahauahuahaua Paguei $7 dólares em cada par! Meu coração enche de felicidade em saber que eu economizei um dinheirão que posso gastar em outros projetos e de quebra a grana dessa compra vai ajudar a comunidade como um todo.

Na medida para o que eu queria, de boa qualidade e em estado de novas <3

Além dessas minhas experiencias em Goodwills de outras cidades, aqui mesmo em Syracuse tem uma unidade que fica a uns 8 quilômetros de casa e conseguimos ir de bicicleta (obrigada cidade por ser tão plana!). Lá compramos vários item de cozinha. Primeiro porque logo que chegamos eu não queria sair comprando tudo novo e eventualmente pagando muito caro por não ter pesquisado direito, então tudo que a gente tem de básico na cozinha veio ou do Goodwill ou do mercado de pulgas (que é assunto para outro post). Além disso, em outras visitas a gente sempre acabava encontrando uma faca boa, uma travessa de vidro ou algum item de decoração… Ah, e Copos!!! Eu AMO copos. Quer ver a felicidade da criatura aqui em comprar copos bacanudos para cerveja e tacas de CRISTAL por menos de um dólar. 😍


Sábado passado eu estive lá com a lista de itens faltantes no meu guarda roupa em mente. A paciência para encontrar algo no mundaréu de araras de roupas é basicamente a mesma que numa Burlington ou Ross. Fui pela manha e a loja estava muito arrumada! As roupas são organizadas por gênero, tipo de peça, tamanho e, se na loja tiver algum funcionário com toc, estará separada por cor também! Hahahahahahahaha Fui nas araras que me interessavam e o carrinho foi se enchendo de opções. As compras nesses lugares exigem foco, ou você fica facilmente 4 horas lá dentro… 

Depois de olhar tudo que me interessava e separar o que eu queria provar, fiz apenas uma viagem ao provador. Alguns minutos depois eu sai da loja com 11 itens, entre calças, saia, shorts, jaquetas e roupões, gastando apenas $30 dólares. Acho que no brasil, com sorte, eu comprava 2 calças na Marisa 😬

Meu look barateza:  Calça H&M no Goodwill por $2.50 - Blusinha basica Walmart por $4.00 - Colete Calvin Klein na Burlington por $10.00 - Demais acessórios já faziam parte do guarda roupa e estão ganhando vida nova com as peças escolhidas a dedo!

Essa legging que imita couro foi uma das minha aquisições, custou $2.50 e é da H&M. Tá como se a pessoa usou uma vez e não gostou, sem nenhuma marca de desgaste. Uma não custa menos de $20, e olha que eu já tinha rodado o shopping atrás de uma bonita dessas.

Eu sigo alguns critérios para avaliar o estado da peça. Por exemplo, calças e shorts eu costumo olhar bem as costuras entre as pernas. As peças usadas apresentam marcas de desgaste natural nessa área. Barra é outro item que te ajuda a avaliar o desgaste. Jaquetas e blusas eu observo o colarinho, borda da manga e a região embaixo do braço onde gera atrito e também pode ter marca de desgaste ou formação de bolinhas.

Não tive a oportunidade de visitar nenhuma unidade do goodwill no Sul ou na costa Oeste dos EUA. Existe a possibilidade deles não serem tão atraentes quando os que eu visitei aqui na região, mas com certeza o farei na próxima viagem a esses destinos!

E para quem vem passar uma temporada mais longa nos Estados Unidos, seja a estudo ou a trabalho, o Goodwill pode te ajudar a economizar! Recomendo MUITO que você conheça a unidade mais próxima…



PS: Parecido com o Goodwill (brechó com finalidade social) também existem:
- Exército da Salvação: Salvation Army, achei que o controle de qualidade do que vai a venda muito baixo, encontrei coisas quebradas e rasgadas nas lojas que visitei);
- Thrifty Shopper: a que tem aqui perto da Universidade é meio elitizada, as coisas tem o preço igual ou superior a itens novos. Aí mesmo tendo causa nobre não me ganha… Quando estiver de carro quero visitar uma da cidade vizinha para ver se é um padrão.

Se curtiu, dá um like no botão do facebook aqui em baixo, e compartilha com aquele amigo que pode estar precisando dessa dica! Faz a alegria de quem escreve esses texto com carinho <3

Nenhum comentário:

Postar um comentário