iinspiradas

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2019

Bambusa – moda íntima sustentável

às 14:44


Se você é adepto do “verdinho básico” ou se já está do “lado verde da força”, já parou para pensar se a sua roupa íntima é sustentável?




Eu confesso que mesmo sendo a ovelha verde da família e tendo me preocupando em adquirir roupas e calçados de marcas com transparência em sua cadeia produtiva, não prestei muita atenção em relação às roupas íntimas. 

O por que? Realmente não sei, acho que mantive muito o foco nas roupas visíveis, digamos assim, e me descuidei das roupas íntimas neste sentido. Uso calcinhas de algodão há anos, desde que descobri o quanto era alérgica a vários tipos de tecidos sintéticos e depois de ver o quão nocivo a saúde é o uso de absorventes diários.

Mas não tinha me dado conta do quanto é ainda mais benéfico – não apenas para a minha saúde, mas também para a saúde do nosso planetinha azul – o uso de roupas íntimas de algodão orgânico.

Então hoje, quero apresentar a vocês uma marca de roupas íntimas ecologicamente correta e super engajada com sustentabilidade.


A Bambusa produz roupas íntimas para homens, mulheres e crianças (adorei isso) com algodão 100% orgânico certificado, naturalmente colorido ou tingido com corantes naturais, elaborados a partir de extratos vegetais.

A preocupação com sustentabilidade nasce desde o início da cadeia de produção, pois a marca adquire sua matéria prima através de pequenos agricultores rurais, acompanhados por Órgãos Governamentais, como a EMATER (Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural) e por uma Cooperativa no Estado da Paraíba, com certificação da IBD (Instituto Bio Dinâmico).

Já os extratos vegetais utilizados para o tingimento das peças, são elaborados com plantas nativas e exóticas e realizado por empresas especializadas com enfoque ecológico. 

Só por esses detalhes – que são a essência da marca – já ganharam meu coração. Sou super, ultra, mega, boga (sim, também sou nerd) adepta da produção sustentável e tento ser o mais ecologicamente correta possível nas minhas escolhas.


Mas se você está se perguntando porque usar roupa íntima de algodão orgânico faz bem para todo mundo, eu conto, porque o pessoal da Bambusa me passou uns dados bem interessantes.

O plantio de algodão convencional é um dos maiores dependentes da indústria química, consumindo 25% dos inseticidas usados na agricultura e em somente 3% das terras agriculturáveis, provocando intoxicação e morte de milhares de agricultores, pássaros, peixes, insetos e muitos outros animais, poluindo também o ar, o solo e as fontes d’água.

Além disso, por ano, 20 mil pessoas morrem em decorrência do envenenamento acidental por pesticidas usado no cultivo de algodão convencional, além de ocorrerem 5.000 suicídios em razão do endividamento pela compra desses venenos.

Por outro lado, a Bambusa, ao optar pela utilização do algodão orgânico, contribui a tornar as produções de algodão mais limpas, sustentáveis e a tornar os rendimentos dos agricultores mais dignos e sem risco à saúde desses trabalhadores, bem como contribui com uma agricultura que gasta menos combustível fóssil e energia e, por consequência, com menor emissão de carbono. 


Deve-se considerar, também, que a Bambusa utiliza o algodão naturalmente colorido que também traz benefícios ecológicos e sociais. Como bem explicado pela marca, esse tipo de cultivo mantém “os agricultores no campo, oferecendo uma oportunidade de renovação da produção algodoeira e criando um cidadão consciente da preservação da natureza e de sua saúde, pois por ter o valor agregado de produto orgânico, não permitindo o uso de agroquímicos no seu plantio e cultivo, diminui radicalmente o índice de doenças causadas pelo uso destes e os impactos ambientais causados na água subterrânea, solos e rios”.

E as peças da marca que são tingidas? Primeiro vamos esclarecer que atualmente, mais de 90% dos corantes utilizados para os diversos fins são sintéticos, ou seja, são preparados a partir de produtos petroquímicos, o que representa uma ameaça para a sua vida e para o planeta (quem nunca viu/leu notícias sobre os rios coloridos da China, em decorrência dos tingimentos de roupas das indústrias de fast fashion?).


Assim, a marca agregou à sua produção o uso de têxteis tingidos com corantes naturais, que são elaborados a partir de extratos vegetais como o urucum, romã, açafrão-da-terra, acácia, rúbia e outras plantas.

E claro, produzindo peças que além de lindinhas, são perfeitas para pessoas com princípio verdes e que buscam produtos sustentáveis.

Vale lembrar que nós, como consumidores, podemos influenciar o mercado e quanto mais pessoas aderirem ao consumo de produtos de marcas sustentáveis, que atuam com transparência quanto a sua cadeia de produção, mais o mercado vai voltar sua atenção para esses consumidores e se adequar a essa demanda.

Comprar dessas marcas é apoiar essa postura sustentável da empresa e ajudá-la a crescer, além de influenciar outras empresas a repensar sua maneira de produção.

Você já pensou nisso? O que achou da ideia de aderir ao uso de roupas íntimas feitas de algodão orgânico?


Visite o Facebook e Instagram da Bambusa!



Um comentário:

  1. Que massa!! eu e minha esposa também gostamos de comprar na https://demodeatelie.com

    ResponderExcluir