iinspiradas

quarta-feira, 4 de agosto de 2021

De volta e (ins)pirada!

às 13:06

Há quanto tempo? *assopra a poeira…*

Sim sim, são anos. ANOS. E em especial nesse retorno eu ainda não quero falar sobre viajar. Mas quero comentar um pouco sobre a viagem que é essa nossa vida.

Eu decidi que não faria sentido voltar sem explicar o que aconteceu durante esse hiato. Ok, explicar não é bem o caso... A intenção é contar porque teve uma hora em que o escrever foi bloqueado. 

De volta a 2017, houve um momento em que nós, como Blog, nos sentimos “obrigadas” a utilizar mais as redes sociais para criar relevância para a página. Naquela época, isso aconteceu muito naturalmente pelo desejo de crescer e fazer com que nosso conteúdo chegasse a mais gente. E no meio dessa história, existia o Instagram… 

Ah, o Instagram… essa plataforma que tudo que ela tem de maravilhosa ela tem de maluca para quem quer usá-la para divulgar conteúdo. A real é que o Instagram nunca se posicionou como uma plataforma de conteúdo. E de alguma forma a gente não conseguiu perceber isso facilmente. Viramos de certa forma escravos, tentando formatar o nosso conteúdo que era excelente para o blog para um formato que coubesse no Instagram.

“Você precisa manter a frequência para ser relevante…” 

O que era um hobby, virou obrigação. Tinha pressão naquele mindinho, uma nada saudável. Junto disso, eu passei por alguns momentos em particular que começara, a me deixar com o sentimento de que eu não estava entregando o que gostaria, nem para quem gostaria.

Quando parei de escrever eu ainda estava nos Estados Unidos. Voltei ao Brasil em outubro de 2018 com muitas ideias ainda por colocar no papel, mas sem vontade. Naquela altura estava passando por uma crise no meu relacionamento, que me deixava sem forças nem para fazer o que eu mais gostava: escrever sobre a viagem. 

No início de 2019 me separei, muita terapia, fui morar sozinha, aluguel de apartamento, mobiliar casa, novo emprego… muitas coisas acontecendo ao mesmo tempo e no fundo um sentimento de que escrever aqui era “supérfluo”. 

Eu escrevi muito nesse período turbulento, mas eram cartas para mim mesma. Escrever sempre me foi uma forma ótima de transformar avalanches de informação em algo ordenado e com lógica.

No segundo semestre de 2019 eu recebi uma proposta para trabalhar em Portugal, e lá fui eu mais uma vez virar a vida de ponta cabeça. Cheguei em terras lusitanas em fevereiro de 2020, e mal sabia eu que uma pandemia mundial estava por vir. A ideia não é detalhar aqui, já que esses devaneios eventualmente virão em outros posts. Mas vocês podem imaginar como foi mais essa virada de vida, né?


Nunca criticarei 2020 porque me foi um ano maravilhoso, mesmo tendo sido tão difícil. Ainda quero compartilhar boas histórias sobre ele!

E finalmente estamos cá em 2021, já no segundo semestre e só agora eu me sinto livre e a vontade para voltar a escrever. Parece que esses destrave aconteceu no dia em que eu tomei a primeira dose da vacina. Tenho sensação de que ao longo dos anos eu fui deixando várias coisas em suspenso, na ideia de que sempre havia algo mais urgente, de maior importância para ser feito antes. A real é que acabei deixando paixões de lado, por que a ocasião não parecia propícia. Afinal de contas o que é escrever para o blog quando se está passando por uma separação ou por uma mudança de país? 

Quando eu tomei a primeira dose da vacina eu sentir dentro de mim como se várias coisas estivessem sendo desbloqueadas finalmente. E eu passava a estar aqui por inteiro, com vários sonhos e perspectivas de futuro nesse novo país em que estou chamando de lar.

A Carou inteira, mulher livre, engenheira, dona do próprio nariz e pagadora dos próprios boletos, parecia estar finalmente lembrando de todos os planos que ficaram engavetados nos últimos (muitos) anos.

Então, I’m back! =D Viagem, planejamento e contos. A Carou que vai vos escrever a partir de agora não é a mesma de anos atrás (graças!) Eu particularmente acho que é uma versão bem melhorada, mas eu sou completamente parcial nesse caso hahahahaha


Assim é como eu quero recomeçar aqui: com leveza, sabendo que eu não vou seguir um cronograma ou dia certo de postagem. Não me importa exatamente como as pessoas chegarão até meus textos, SE eu vou chegar até alguém…

Tirar as palavras de dentro da minha cabeça e colocar na forma escrita é uma coisa que me faz bem. Me acende uma alegria que poucas outras atividades me trazem. E se no caminho eu puder ser de alguma ajuda ou inspiração para alguém, eu serei ainda mais realizada por isso!

Até breve!

Um comentário:

  1. Descobri este site essa semana e já estou adorando os conteúdos, são ótimos!

    Parabéns! 👏

    Meu Blog: Significado de Sonhar

    ResponderExcluir