iinspiradas

sábado, 11 de abril de 2020

Cansei de ser produtiva

às 12:39

Abri um porta trecos de cima da minha mesa, procurando post-its e acabei me deparando com um papelzinho, que eu havia guardado a algum tempo atrás, com a seguinte mensagem:


“Tome cuidado com o vazio de uma vida ocupada demais.”

Eu adoro essa frase, e chame do que quiser – destino, coincidência, sincronicidade, transferência – ela reapareceu agora. Justo agora. 

Estamos no meio da crise causada pelo novo coronavírus, uma pandemia sem precedentes em nossos tempos modernos. Estamos em isolamento social, um cárcere privado que infelizmente é necessário. As-pessoas-estão-trancadas-dentro-de-casa. 

E o que era para ser uma pausa, na verdade está se transformando em algo muito mais irritante do que já estava o mundo, antes disso tudo. 

O negócio estava doido, excesso de informações, excesso de estímulos, correria insana, esbanjamentos, falta de tempo, cansaço físico e esgotamento mental. O Hamster estava a 1000 por hora na rodinha e pahh, freada brusca, daquelas que a gente bate a cabeça no para-brisa.

Agora em casa - e com a vida em risco em função da COVID-19 - era para gente desacelerar, tomar fôlego, orar, cuidar da família, reestruturar a rotina. Mas em vez disso o que estamos vendo é um desespero em manter a vida frenética como era antes, só que dentro do espaço minúsculo de quatro paredes.

Use o tempo de quarentena para:

Ler livros: Uma enxurrada de e-books gratuitos de todos os assuntos imagináveis estão disponíveis ao toque de um click. 

Estudar: Uma avalanche e cursos online, lives no Instagram e youtube, posts sobre os mais variados assuntos. 

Fazer exercícios: Uma tonelada de videoaulas de exercícios que você pode fazer em casa e alternativas mirabolantes para substituir os aparelhos da academia.

Cuidar de você e da casa: Uma carrada de dicas do que fazer na quarentena, home spas, receitas de cosméticos caseiros, dicas de como arrumar o guarda-roupa e compor novos looks, auto maquiagem, dicas de organização, limpeza quântica de ambientes...

O que não pode de jeito nenhum é ficar parado! Se já leu, vá assistir um curso, depois veja um documentário instrutivo, após, teste a aquela nova receita de bolo vegano da internet, faça exercícios, yoga, dança, adestre o cachorro, ajude no dever de casa do filho (que também está tendo aula online), cuide de você sua relaxada, trate de fazer um home spa, mas só depois de arrumar todas as gavetas e armários da casa! Mas não acabou, faça o máximo de trabalho que seu home office permitir e mais importante: Reinvente a roda da sua área profissional, você deve sair dessa quarentena com algo especial e totalmente inovador criado para o mundo, se não quiser ser uma profissional “do futuro” fracassada! E olha, nem ouse fazer tudo isso de pijama!

Eu estou exausta e tenho refletido muito sobre isso, sobre o quanto eu me sentia preguiçosa por não ter vontade de fazer nada disso. Há tempos tenho sentido cansaço mental, eu não estava conseguindo dar a volta. No início dessa confusão toda, não pude deixar de fazer a conexão que essa parada brusca na verdade era mundo extremamente saturado que também não conseguiu “dar a volta” e acabou entrando em colapso. Mas aí a gente entrou em casa e o colapso tá ficando ainda pior. Porque estamos nos dando conta que não conseguimos lidar com nós mesmos.

E aí a frase pulou nas minhas mãos: TOME CUIDADO COM O VAZIO DE UMA VIDA OCUPADA DEMAIS. 

A GENTE TÁ TENTANDO TAMPAR NOSSO VAZIO EXISTENCIAL ENTUPINDO O C* DE ATIVIDADES! 

Eu não sei dizer qual é o seu vazio existencial, eu mal estou conseguindo descobrir os meus, mas a gente precisa ter essa consciência de que não é normal ter uma vida assim, tão doentiamente “produtiva” a acelerada. 

Entenda que o problema não é você QUERER fazer todas essas atividades. O problema é você SE SENTIR OBRIGADA a fazer tudo isso para acompanhar o ritmo da sociedade. 

Há tempos eu tenho desejado que meu hamster desacelere, mas tenho me obrigado a estar sempre no 220V para fazer parte da manada, para me encaixar, poque só Deus sabe o quanto me sinto incompetente por não conseguir ser tão rápida como o mundo exige. Eu estou sempre me sentindo atrasada e atropelada pelo tanto de informação e “concorrência”, mal consegui assimilar um novo assunto e já sou levada a aprender outros vários ao mesmo tempo, para dar conta da demanda que "o mundo” exige, para não ficar para trás. Já não aguento mais. 


Então tomei a decisão nada ortodoxa do fod*-se. Não quero ser produtiva 100% do tempo, não adianta forçar a barra para fazer parte da manada. Vou fazer minhas atividades de home office possíveis, as atividades da casa realmente necessárias, e depois não vou me obrigar a fazer nada, não vou estudar, não vou fazer exercícios, não vou limpar armários, não vou fazer um novo curso, não vou assistir 2000 lives “importantíssimas”, nem me obrigar a "parir" posts sem inspiração. Hoje eu só vou sentar e jogar palavra cruzada até acabar a vontade. Amanhã, se der vontade, eu faço algumas dessas outras coisas aí. Mas só se rolar vontade. 

Essa situação não vai durar para sempre e já temos uma carga emocional muito grande pra lidar com toda a insegurança e instabilidade que estamos vivendo. É desnecessário se obrigar a fazer ainda mais tarefas e se manter produtiva o tempo todo. Agora é momento de recarregar as baterias e poupar/concentrar  a energia naquilo que é realmente necessário e inevitável, não é mesmo? 

Esse texto aqui surgiu assim, por VONTADE e inspiração de escrever e desabafar, em um momento aleatório do dia,  ironicamente bem depois de brigar comigo mesma por não ter tido inspiração/vontade para criar conteúdo descente para o Instagram quando era “a hora”. 

Tirei meu Hamster da rodinha, dei mais espaço e desobriguei ele a correr. Vai hamster, vai no teu ritmo agora!



Cuidem-se da melhor forma que puderem. Orem, dentro das suas crenças, pela saúde e união no mundo. Não se cobrem tanto.
Que Deus abençoe a todos!
 Beijos <3

2 comentários:

  1. Gostei bastante do artigo, muito bom mesmo! Estou amando ler seus artigos e compartilhar com os amigos!


    Meu Blog: Como funciona o Gbet Sports?

    ResponderExcluir
  2. Suas postagens são ótimas, estou seguindo seu blog e curtindo bastante!! Parabéns!

    Meu Blog: Site da Vitória

    ResponderExcluir